Como dar feedback negativo para a sua equipe

Como dar feedback negativo para a sua equipe

 

Pedras brutas lapidadas da maneira certa se tornam cristais exuberantes.

Olá empreendedor. Se você é dono do seu próprio negócio, ou atua na função de gestor, já deve ter se pego em situações delicadas onde precisou dar um feedback negativo para sua equipe.

Bem, sabemos que essa pode ser uma situação complicada e que muitas pessoas não sabem como fazer isso. Existem empresas que simplesmente desmoronam pela falta de comunicação entre a equipe. Sabendo disso, nós do Terracota viemos ajudá-los com 5 formas de falar um feedback negativo e ter como consequência o crescimento da sua empresa.

Técnica #1: Eu gosto, desejo, me pergunto

Esta técnica é emprestada pela metodologia de Design thinking (DT).

O conceito é bastante simples – você fornece o feedback em 3 etapas:

✔️ Etapa 1: “Eu gosto …”

Use esta declaração para transmitir os aspectos positivos do desempenho de trabalho do seu funcionário.

✔️ Etapa 2: “Eu desejo …”

Use esta declaração para compartilhar ideias sobre os aspectos do desempenho do seu funcionário que podem ser alterados ou melhorados.

✔️ Etapa 3: “Eu me pergunto …”

Use esta declaração para expressar suas sugestões de melhoria.

Aqui está um exemplo da vida real:

✔️ “Gosto do layout do novo recurso xyz.”

🌠 “Gostaria que o tamanho do texto fosse ligeiramente maior para melhor legibilidade.”

❓ “Eu me pergunto como faremos com que mais pessoas descubram xyz.”

Técnica # 2: Plussing

Plussing é a fórmula mágica da Pixar para fornecer feedback.

Plussing desempenhou um papel revolucionário na empresa cinematográfica Pixar.

A orientação geral é que você só pode criticar uma ideia se também adicionar uma sugestão construtiva. Daí o nome plussing.

✔️ Aqui está um exemplo:

Uma animadora que trabalha em “Toy Story 3” compartilha seus esboços e ideias com o diretor.

Em vez de criticar o esboço, o diretor vai partir do ponto de partida dizendo algo como: “Eu gosto dos olhos de Woody, e se os olhos dele rolassem para a esquerda?”

Basicamente, tudo se resume à diferença entre “Não, mas…” e “Sim e…”.

Em outras palavras, tente construir sobre o que já é bom e, em seguida, faça sugestões para melhorias.

Técnica # 3: 3-2-1

A técnica 3-2-1 é baseada em pesquisas feitas pelos psicólogos Dr. John Gottman, Dra. Barbara Fredrickson e o psicólogo organizacional Dr. Marcial Losada.

Esses pesquisadores provaram que uma proporção de pelo menos 3 afirmações positivas para 1 negativa é necessária para criar um relacionamento de sucesso em nossas vidas de negócios.

Aqui está como fornecer feedback usando a técnica 3-2-1:

✔️ Etapa 1: cite 3 coisas de que gostou

✔️ Etapa 2: cite 2 áreas que você acha que podem ser melhoradas

✔️ Etapa 3: Destaque o que você mais gostou.

Técnica # 4: CORE

O modelo de feedback central é criado para ajudá-lo a garantir que seu feedback negativo seja específico, concreto e funcional, concentrando-se em:

✔️ Etapa 1: Contexto

Quando ocorreu? Onde você estava? Quem estava envolvido?

✔️ Etapa 2: Observação

O que aconteceu – quais comportamentos específicos você observou?

✔️ Etapa 3: Reação

Qual foi o efeito do comportamento do funcionário (em você, nos outros e nos negócios)?

✔️ Etapa 4: Expectativas

O que você espera de seus funcionários daqui para frente?

Técnica # 5: IDEAIS

A técnica IDEALS é criada por Mark Murphy, autor do famoso livro sobre liderança Hundred percenters.

A técnica IDEALS consiste em 6 etapas:

✔️ Etapa 1: Convidar

Convide seus funcionários para conversar com você.

Dê a eles uma escolha sobre quando a reunião será realizada.

✔️ Etapa 2: desarmar

Não critique o funcionário. Fique calmo e positivo. Concentre-se no problema em questão.

✔️ Etapa 3: Elimine a culpa

Concentre-se em encontrar uma solução.

✔️ Etapa 4: Afirme seu controle

Pergunte regularmente ao funcionário se ele concorda com o que você está dizendo

✔️ Etapa 5: Listar correções

Liste recomendações específicas para seus funcionários.

✔️ Etapa 6: sincronizar

Pergunte ao funcionário como você pode ajudar a garantir que isso não aconteça novamente.

E aí, gostaram? Final de ano é um ótimo momento para aplicar as técnicas e organizar seu time pra começar ano que vem com tudo!

Esperamos ajudá-los hoje e sempre! Contem com a equipe Terracota.

 


Texto de Rebecca Lorenzetti. 🧡